Senac Osasco convida SEPLAG para debate acadêmico sobre gestão pública

Dulce Helena Cazzuni durante apresentação (crédito: Luiz Bitu)

Nesta quinta (24), a secretária de Planejamento e Gestão, Dulce Helena Cazzuni, e o secretário adjunto, Alexandre Guerra, participaram de um debate sobre gestão pública no auditório do Senac Osasco.

Realizado pela unidade, o debate abordou temas relacionados à gestão por resultados aplicada pela Prefeitura com auxílio da SEPLAG, criada em 2013. Com presença dos estudantes das turmas dos cursos técnicos de RH e Logística e convidados, o evento também teve uma apresentação do livro “Planejamento Público e Gestão por Resultados: uma experiência municipal aplicada”, lançado recentemente pela editora Hucitec.

Abrindo o evento, a gerente do Senac Osasco, Cláudia Lieko Itano Hiratsuka, destacou a importância de se capacitar os gestores públicos e relembrou a parceria produtiva entre o Senac e a SEPLAG, que viabilizou a realização de turmas do Pronatec na instituição.

“A importância da qualidade das pessoas que ocupam os cargos de gestão é fundamental para a cidade”, afirma Hiratsuka. “Um material como esse pode e vai ajudar no desenvolvimento de novos gestores que realmente tenham competência e o conhecimento da gestão pública, que estejam comprometidos em, através do recurso público, fazer transformações consideráveis nas cidades onde nós moramos e trabalhamos”, conclui, citando o livro apresentado durante o evento.

Ao discorrer sobre a criação da SEPLAG e sobre sua experiência à frente da pasta, Cazzuni destacou o perfil técnico e colaborativo da equipe. Segundo a secretária, a população precisa de “serviços públicos de qualidade”. “A SEPLAG é uma experiência construída a muitas mãos. Seu papel é trabalhar com o recurso público para fazermos mais, melhor e com o necessário”.

Responsável pela apresentação da equipe e dos trabalhos desempenhados pela secretaria, Guerra discorreu sobres as etapas de composição da SEPLAG, desde a sua lei de criação às metodologias utilizadas pela equipe. Focado no trabalho de planejamento do município, Guerra demonstrou à plateia como o Poder Executivo atua em seu cotidiano. “A arte de governar é a arte de analisar quais problemas precisam ser priorizados”, concluiu.     




Outras Notícias

Na quinta-feira, 22/6, a Prefeitura de Osasco iniciou o processo de revisão do Plano Diretor do município, conforme determina a Constituição Federal. Todos os municípios brasileiros com mais de 20 mil habitantes são obrigados a ter um Plano Diretor, que a c...

Leia mais