Primeiro debate do Plano Municipal de Resíduos Sólidos mobiliza população de Osasco

Ciclo de Debates do Plano Municipal de Resíduos Sólidos

Nesta segunda (31/8), a Prefeitura de Osasco deu início, no teatro da FITO Zona Norte, ao Ciclo de Debates do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), que discutirá, até 2 de setembro, todos os detalhes da implantação da nova política de manejo de resíduos em nosso município.

Com forte presença popular, o encontro foi conduzido pela secretária de planejamento e gestão, Dulce Helena Cazzuni, e teve a presença do secretário de meio ambiente, Carlos Marx, e do vereador Aluisio Pinheiro. Além dos representantes do Executivo e Legislativo, também participaram Marineide Alves dos Santos, representante do Movimento Nacional dos Catadores, Sueli Regina de Oliveira, presidente da Coopernatuz, e Margarida Lopes Tadeu, presidente da Cooperareis.

Dividido em etapas, o evento começou com uma apresentação sobre o cenário atual de Osasco, feita por Rodrigo Coelho, técnico envolvido na elaboração do PMGIRS. Em sua fala, Coelho suscitou diversos dados, como o volume de resíduos gerados em nosso município, índices de reciclagem e detalhes sobre as três centrais de triagem instaladas em Osasco.

Na sequência, a secretária de planejamento e gestão reconheceu os desafios futuros e reafirmou o compromisso da Prefeitura com a implementação do Plano. “O Prefeito Jorge Lapas está comprometido com a política pública de resíduos de nosso município e nós faremos todo o trabalho necessário para que o PMGIRS saia do papel”, afirma. Cazzuni também ressaltou a importância das cooperativas como agentes catalisadores do processo. “Os catadores executam um importante trabalho para nossa cidade. Agora, todos precisam se mobilizar e se empoderar, atuando conjuntamente pelo sucesso do Plano”, completa. 

Tema recorrente no debate, a educação ambiental foi destacada pelo secretário de meio ambiente. Em sua fala, Marx frisou seu papel relevante e lembrou que ela não é tarefa exclusiva do Poder Executivo. “Muitos professores têm um trabalho ativo com ações de educação ambiental e os resultados são claros: as crianças ensinam e corrigem os adultos. Educação ambiental é uma tarefa de toda a sociedade”, explica.

Na última etapa, o grupo de trabalho abriu a participação ao público, que fez inúmeras considerações importantes. Entre os pontos levantados, destacam-se sugestões para aumento da coleta seletiva, problemas atuais enfrentados pelo Programa Osasco Recicla, novas formas para se trabalhar a educação ambiental, etc. No encerramento, o grupo de trabalho do PMGIRS agradeceu a mobilização popular e catalogou as contribuições, que serão anexadas, posteriormente, ao texto final do Plano.

 





Outras Notícias

Nesta quarta-feira, a Secretaria de Planejamento e Gestão realiza, na sala Osasco, das 17h30 às 19h30, uma capacitação para os membros do Conselho Municipal de Política Urbana e Habitacional e do Conselho Municipal de Defesa de Meio Ambiente de Osasco (COMDEMA), s...

Leia mais