Prefeitura realiza audiência pública do Plano Municipal de Resíduos Sólidos

Prefeito Jorge Lapas fala sobre a importância do Plano para Osasco (crédito Pedro Godoy/SECOM)

Na noite desta terça-feira (22), a Prefeitura de Osasco realizou a audiência pública do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), na Sala Osasco, com presença do Prefeito Jorge Lapas, da secretária de Planejamento e Gestão, Dulce Helena Cazzuni, do superintendente do IBAMA em São Paulo, Murilo Reple, do gerente da Agência Ambiental da CETESB de Osasco, Marcelo de Souza, do presidente da Câmara Municipal, Jair Assaf, da representante do Movimento Nacional dos Catadores, Marineide Alves dos Santos, e dos vereradores Aluisio Pinheiro e Toniolo. 

Última etapa na qual o Plano tramita pelo Poder Executivo, a audiência pública foi o momento de apresentar à população todo o processo de trabalho desenvolvido pela equipe de secretarias envolvidas. A partir de então, o PMGIRS segue, como Projeto de Lei, para a Câmara Municipal.

Além de levar os detalhes do processo de elaboração ao conhecimento do público, a audiência também serviu para que os presentes conhecessem melhor as propostas dos dez eixos de atuação do Plano e propusessem novas ideias, que complementaram as contribuições que já vinham sendo feitas por meio da consulta pública on-line no site www.participaosasco.com.br.

Abrindo o debate, a secretária Dulce Cazzuni agradeceu o apoio da população e dos empresários da região e relembrou o percurso que o grupo de trabalho percorreu até o momento. “O Plano vem sendo executado com a ajuda de dez secretarias, há 15 meses. Passamos por um ciclo com quatro debates, consulta pública e inúmeras reuniões. Agora chegou a hora de decidirmos sobre as diretrizes que se transformarão nas leis que definirão como será nosso futuro, o futuro da nossa cidade”, afirmou.  “Hoje damos outro passo que encerra um ciclo. Daqui, nosso Plano segue para a Câmara Municipal e de lá sai em forma de Projeto de Lei”, complementou.

Já o superintende do IBAMA frisou a importância da sustentabilidade como condição básica ao sucesso do PMGIRS. Segundo Reple, o Plano vai além do “lidar com resíduos sólidos”. “O PMGIRS trata de questões que eram periféricas, mas que são muito importantes. A não geração, a reutilização e o trabalho dos catadores são pontos fundamentais ao sucesso do Plano”, explicou.

Encerrando as falas oficiais, o Prefeito Jorge Lapas também destacou a importância de estimular os conceitos de educação ambiental com a população. “O tema da reciclagem é importante, requer cuidado e, por isso, deve ser discutido amplamente, como temos feito”, relembrou, pontuando o caráter participativo que o PMGIRS teve. "O lixo é um problema de todos e nós todos temos responsabilidades com ele. Aprender a gerar menos, consumir de maneira consciente e tentar reciclar são algumas atitudes individuais que mudam nossa cidade e o mundo”, reiterou.  

Após as falas oficiais, houve a leitura do regimento interno e abertura do debate. As contribuições feitas pelos presentes agora passarão por processo de sistematização e, na sequência, inseridas ao texto do Plano. Em seguida, em meados de outubro, será encaminhado para a Câmara. 





Outras Notícias

Nesta quinta-feira (17), a Secretaria de Planejamento e Gestão (SEPLAG) apresentou, durante a divulgação do balanço de prestação de contas dos serviços médicos realizados no hospital Antonio Giglio desde o final de abril, mês em que foi ...

Leia mais