SEPLAG disponibiliza informações sobre a pandemia COVID-19 em Osasco

SEPLAG disponibiliza informações sobre a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) em Osasco e municípios brasileiros

Desde março a equipe técnica da Secretaria de Planejamento e Gestão - SEPLAG vem monitorando diariamente a evolução de casos e óbitos do novo coronavírus (COVID-19) em Osasco e também comparando a situação local com outras cidades brasileiras. A partir de agora os relatórios de acompanhamento estarão disponíveis para consulta e download no site da SEPLAG.

A elaboração dessas análises teve o objetivo de observar e comparar a disseminação da COVID-19 em municípios paulistas e das demais regiões do país com população semelhante à de Osasco (localidades com mais de 500 mil habitantes), de modo a monitorar a gravidade da situação e contribuir para o planejamento e as decisões do governo municipal no enfrentamento da pandemia. Recentemente, com a importância de aprimorar o acompanhamento da evolução da doença em nível local, também passaram a compor esse monitoramento, dados oficiais relativos às cidades da Sub-Região Metropolitana Oeste de São Paulo (Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba).

O relatório também reúne as ações que a Prefeitura de Osasco vem realizando na prevenção e combate à COVID-19 e no enfrentamento dos seus diversos desafios nas áreas de saúde, educação, assistência social, trabalho, emprego e renda etc. de modo a informar e prestar contas à sociedade sobre como a administração municipal busca proteger a cidade dos efeitos dessa pandemia.

A situação atual da pandemia de COVID-19 em Osasco

O primeiro caso do novo coronavírus em Osasco foi confirmado no dia 18 de março de 2020. De acordo com as últimas informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde em 25/06/20, 6.190 moradores da cidade já foram contaminados pela doença, resultando na perda de 474 vidas. No entanto, graças aos esforços de todos os profissionais de saúde, 5.522 pacientes contaminados com o novo coronavírus já foram recuperados.

Em razão de sua grande população e proximidade à Capital, Osasco é um dos municípios com mais casos e óbitos por COVID-19 acumulados desde o início da epidemia no Estado, junto com a própria cidade de São Paulo e outras como Guarulhos, São Bernardo do Campo, Campinas, Ribeirão Preto, São José dos Campos e Sorocaba etc. Veja as informações detalhadas no relatório completo disponível na seção Publicações, no item Estudos Demográficos e Socioeconômicos.

O que a Prefeitura de Osasco vem realizando para enfrentar a pandemia de COVID-19 na cidade

Desde janeiro de 2020, a Prefeitura vem se mobilizando para monitorar, prevenir e conter o avanço da epidemia de COVID-19 em Osasco, bem como proteger a população de seus efeitos sociais e econômicos negativos, com ações nas áreas de saúde, educação, assistência social, trabalho e emprego, entre outras. 

Mais de 50 diferentes ações já foram ou estão sendo realizadas pela Prefeitura com recursos do orçamento municipal que superam os R$ 60 milhões, ou em parceria com outras instituições públicas e empresas privadas. Veja as informações detalhadas no relatório completo disponível na seção Publicações, no item Estudos Demográficos e Socioeconômicos.

Acompanhe na página da SEPLAG as atualizações periódicas do relatório de monitoramento da evolução da COVID-19 em Osasco e as iniciativas que a Prefeitura Municipal vem realizando para enfrentar a pandemia e reduzir seus impactos na cidade.


Outras Notícias

A Secretaria de Planejamento e Gestão inicia neste mês de abril a discussão para a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias 2020 (LDO). A LDO estabelece quais serão as prioridades para o próximo ano: as metas físicas (entregas) da admi...

Leia mais